FPSO’s – Quem eram antes da conversão?

sex, out 1, 2010, 10.824 views

Destaques, Fotos  

Bookmark and Share

por Thiago Kempin

Hoje existem os mais diversos tipos de embarcações/plataformas na exploração de petróleo e gás. Vários são os tipos de plataformas: FIXA, ALTO-ELEVATÓRIA (Jack-up Rig), FPSO, FSO, FPDSO, FPS, SEMI-SUBMERSÍVEL, SONDA DE PERFURAçãO (Semisubmersible Drilling, Drillship). Muitas destes tipos se encontram na costa do Brasil.   

Alguns tipos de plataformas

As plataformas FPSO (Floating Production Storage and Offloading). São  tipos de plataformas flutuantes em um casco modificado de um navio, normalmente um petroleiro utilizados para a exploração, produção, armazenamento e escoamento por navios aliviadores (offloading). São utilizados em locais de produção distantes da costa com inviabilidade de ligação por oleodutos ou gasodutos. 

 

Offloading em FPSO - Foto: Erik Azevedo

  

 
 
Neste artigo quero apresentar algumas FPSO’s que atuam em nossas águas, muitas delas são da década de 70 ondem antes da conversão eram navios tankers VLCC (Very Large Crude Carrier) e que foram preparadas para esse tipo de embarcação.                             
                                               
 
           * Todas as imagens clicando nelas serão ampliadas *                                                
 
                                                 
 
                                                  FPSO CIDADE DE VITÓRIA            ex- “MARGAUX”

 

FPSO Cidade de Vitória - Convertido 2006 - Foto Erik Azevedo

 

Margaux - Construído 1976

 
 
                                                                                 
                                                 FPSO CAPIXABA        ex- STENA CONGRESS

 

FPSO Capixaba - Convertido 2005 - Foto Erik Azevedo

 

Stena Congress - Construído 1974

 
 
 
 
                                 
 
                              FPSO CIDADE DO RIO DE JANEIRO MV 14        ex- APOLLO SHOJU
 

 

FPSO Cidade do Rio de Janeiro MV14 - Convertido 2006

 

 

Apollo Shoju - Construído 1986

 

 
                                                                        
 
                                  FPSO CIDADE DE NITERÓI MV18        ex- TOKYO MARU
 

FPSO Cidade de Niterói MV18 - Convertido 2007

 

 

Tokyo Maru - Construído 1986

 

 
 
 
                                                      FPSO ESPIRITO SANTO        ex- KAZUKO
 
 

 

FPSO Espirito Santo - Convertido 2007

 

 

Kazuko - Construído 1975

 

 
 
                                                                  FPSO FRADE        ex- AN
 

FPSO Frade - Convertido 2007

 

 

VLCC "AN" - Construído 1976

 
 
                                                                    FPSO MARLIM SUL        ex- LYRIA
 

FPSO Marlim Sul - Convertido 2003

Lyria - Construído 1977

 
         
                                              FPSO POLVO        ex- NISSHO MARU
 

FPSO Polvo - Convertido 2007

 

Nissho Maru - Construído 1981

 
 
 
                                                 PETROBRÁS 50        ex- FELIPE CAMARÃO
 

FPSO Petrobras 50 - Convertido 2005

Felipe Camarão - Construído 1980

                                                   PETROBRÁS 54        ex- BARÃO DE MAUÁ
 

FPSO Petrobras 54 - Convertido 2006

Barão de Mauá - Construído 1979

  

Lembrando que todas FPSO’s citadas acima estão operando em águas brasileiras.
Referências: Shipspotting, Supertankers
 
 
“VIDA LONGA AO BLOGMERCANTE” 
  
, ,

15 Respostas para “FPSO’s – Quem eram antes da conversão?”

  1. ricardo m faria:

    Me lembro ainda destes:

    P35 – Ex VLOO José Bonifácio
    P32 – Ex VLCC Cairu
    P33 – Ex VLCC Henrique Dias

    E o VLCC José do Patrocínio (demolido em Alang)

    Responder

    • Edejás Oliveira:

      Eu tive a oportunidade de trabalhar na construção do Henrique Dias, e depois de muitos anos, me reencontrei com ele, embarcando durante um ano, ele já,transformado em FPSO.

      Responder

  2. guara:

    P-53 – EX Setebello

    Responder

  3. Thiago Kempin:

    Muito bem lembrado Capitão.

    P35 construído em 74 e convertido entre 96 à 99;

    P32 construído em 74 e convertido em 97;

    P33 construído em 78 e convertido em 98 e o

    VLCC José do Patrocínio, construído em 79 por Ishikawajima Do Brasil Estaleiros, no Rio de Janeiro e demolido em 2002.

    Muito obrigado pela colaboração.

    “VIDA LONGA AO BLOGMERCANTE”

    Responder

  4. Misael Berdeide:

    A galera vai matar a saudade… bom post.

    Responder

  5. Erik Azevedo:

    Muito bom artigo, é bom mostrar que não existem apenas as FPSO’s “P XYZ”, da vida e que hoje não são mais a maioria, e sim as contratadas.

    Responder

  6. Erik Azevedo:

    Outra curiosidade é que estima se que existam 120 FPSO’s e FSO’s em operação no mundo, é no Brasil que estão a maioria destas embarcações, seguido pela Nigéria, China, e Oriente Médio.

    Porem no Brasil ainda não ha, nenhuma unidade construída apenas para ser FPSO, ou seja são todos cascos de VLCC’s ou Suezmax, convertidos, porem em algumas partes do mundo já existem os “caixotões” se parecem mais com um grande reservatório com uma refinaria em cima, sem propulsão sem vida, apenas foram rebocadas até o ponto de amarração, mas em breve acredito que haverá este tipo de FPSO por aqui também.

    No Mar do Norte e Noruega, operam FPSO’s de porte menor, e com sistemas de amarração especiais, ou em DP.

    Responder

  7. Breno Bidart:

    Eu sempre quiz saber quem é quem nas converssões dos VLCCs da antiga Fronape. AGORA EU SEI.
    Muito bom o post.

    Responder

  8. Bjunior:

    Em complemento as informações a P-38 era o VLCC SS World Eminence.

    Responder

  9. wagne:

    trabalhei uns dias no fpso polvo
    poxa agora que to terminando o curso tec. de mecanica
    nao consigo emprego nem de lavador de parafuso rss
    se alguem ae puder ajudar
    sou de Rio das OStras
    atualmete trabalho em uma empresa de guindastes
    em Macaé – PArque de Tubos.
    cel 9891 1442
    não possuo experiencia na area de mecanica , nao tenho problema se precisar viajar pra fora do Brasil.
    grato e bom blog

    Responder

  10. Victor Rossi:

    Olá, muito bacana o blog…Poderiam apenas confirmar a data de fabricação do Navio Felipe Camarão, atual P-50, no blog de vcs consta como 1980…De acordo com artigos históricos, se trata de um navio militar construído em 1942… Nem a data de fabricação e nem conversão para P-50 estão ligados a década de 80…
    att
    Victor

    Responder

  11. Henrique Gonçalves Schramm:

    Eu tive a honra de ter embarcado no VLCC Felipe Camarão de 1984 a 1988, com muitos amigos pela antiga FRONAPE. Abraços à todos aqueles que tiveram o privilégio de singrar os mares à bordo do FELIPÃO / PPNM

    Responder

  12. fabio lima de oliveira:

    Foi um prazer trabalhar na construções dos fpso 47,50,54 hoje estou na contrução da p62 ea procima sera a p74 ser DEUS quizer,muita experiencia adiquirida neste tempo,inicio como praticante,promovido a rigger,promovido a enc.de rigger hoje supervisor de rigger.

    Responder


Deixe uma resposta

Get Adobe Flash playerPlugin by wpburn.com wordpress themes